Sexta-feira, 24 de Junho de 2011
Evasões Francesas

 

O Evasões Francesas, programa em parceria com o Instituto Francês de Portugal, despede-se este fim-de-semana com várias propostas que começam, já amanhã, com a emissão radiofónica Des Papous dans la Tête. O programa da rádio France Culture, com mais de 20 anos de existência, tem vindo a ser gravado ao vivo em diferentes cidades e é conduzido por Françoise Treussard, com a presença de escritores, artistas plásticos, jornalistas e encenadores. Consagrado aos jogos literários, num espírito surrealista e poético, Des Papous dans la Tête realiza-se em Lisboa, no âmbito do Festival Silêncio! 2011, amanhã, 25 de Junho, no Cinema São Jorge, a partir das 20h. Com Françoise Treussard estarão nesta emissão de rádio ao vivo os escritores Hervé Le Tellier, Jean-Bernard Pouy e Lucas Fournier, e a cantora Jehanne Carillon.

A exposição Les Cent Ans de Gallimard é outro dos percursos sugeridos aqui. A editora fundada por Gaston Gallimard em 1911, a partir das Éditions de la Nouvelle Revue Française, tem um catálogo feito de alguns dos maiores escritores de língua francesa (Gide, Claudel, Aragon, Breton, Malraux, Saint-Exupéry, Michaux, Céline, Sartre, Queneau, Ionesco, Camus, Yourcenar, Duras, Modiano, Le Clézio, Tournier....) e já somou 35 prémios Goncourt e 36 Nobel. As celebrações da Gallimard, em França, decorrem até ao final do ano com documentários, exposições e livros. Em Lisboa, a mostra Les Cent Ans de Gallimard pode ser vista na Cafetaria do IFP até 15 de Julho.

Por fim, o Evasões percorre o cartaz do 28º Festival de Teatro de Almada, com uma forte programação francesa. Este ano, o festival propõe Santa Joana dos Matadouros, de Bertold Brecht, com encenação de Bernard Sobel (5 e 6 de Julho), Un Certain Songe, Une Nuit d'Été, com texto e encenação de Richard Demarcy a partir de Shakespeare (8 de Julho), Les Corbeaux, performance do coreógrafo Josef Nadj e do músico Akosh S. (13 de Julho), Cercles/ Fictions, com texto e encenação de Joël Pommerat (14 a 16 de Julho), I Am the Wind, de Jon Fosse, com encenação de Patrice Chéreau (17 e 18 de Julho), e Que Faire? (Le Retour), de Jean-Charles Massera e Benoît Lambert, com encenação de Benoît Lambert (17 de Julho). O Festival de Teatro de Almada decorre entre 4 e 18 de Julho em Almada, Lisboa e Porto.

 

Com Antonieta Lopes da Costa, Chloé Siganos, Adida Cultural da Embaixada de França em Portugal, e Margarida Antunes

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 25 de Junho- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sexta-feira, 22 de Abril de 2011
Evasões Francesas

 

Maio será mês de cinema... ou não será. E não nos referimos apenas ao Festival de Cannes. Em Lisboa, o IFP- Instituto Francês de Portugal- programa mais um ciclo de cinema para os finais de tarde das segundas-feiras. Paris au Présent dá o papel principal à cidade das luzes através de cinco filmes: Les Chansons d' Amour, de Christophe Honoré (2 de Maio), L'Esquive, de Abdellatif Kechiche (9 de Maio), Renaissance, de Christian Volckman (16 de Maio), Changement d'Adresse, de Emmanuel Mouret (23 de Maio), e Andalucia, de Alain Gomis (30 de Maio). As sessões têm início às 19h, no IFP, com entrada livre. Todos os filmes têm legendagem em portugês.

Durante o mês, para além do 8º Indie Lisboa (5 a 15 de Maio), os cinéfilos têm ainda um novo festival a descobrir na Escola Profissional de Hotelaria e Turismo de Lisboa: Os Olhos Também Comem é, apropriadamente, um festival de cinema e sabores. Porque nem só a poesia se come, como diria Natália Correia. Entre 4 e 26 de Maio são exibidos seis filmes, entre os quais Julie & Julia, de Nora Ephron, e Mondovino, de Jonathan Nossiter.

 

Com Antonieta Lopes da Costa, Chloé Siganos, Adida Cultural da Embaixada de França em Portugal, e Margarida Antunes

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 23 de Abril- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sexta-feira, 15 de Abril de 2011
Evasões Francesas

Laurent Binet, prémio Goncourt 2010; obra de Manuela Marques

 

O Evasões deste fim-de-semana deixa como propostas, entre outras, a apresentação do livro HHhH Operação Andróide, agora traduzido para português em edição da Sextante. A obra, sobre o assassinato do chefe dos serviços secretos nazis Reinhard Heydrich e cujo título remete para a frase das SS Himmlers Hirn heißt Heydrich (o cérebro de Himmler chama-se Heydrich), deu a Laurent Binet, de 38 anos, o prémio Goncourt 2010 para o primeiro romance. O lançamento em Portugal decorre no LeV- Literatura em Viagem, de Matosinhos, no próximo domingo, 17, às 17.15, e no IFP, em Lisboa, na 3ªf, 19 de Abril, às 19.30.

No início da semana, a galeria Appleton Square inaugurou uma mostra de obras em vídeo e fotografia de Manuela Marques, que venceu, há dias, a 7ª edição do BESphoto. Temporada está patente na Appleton Square até 7 de Maio. Já a exposição BESphoto, com obras da artista, continua no Museu Berardo até 13 de Junho.

 

Com Antonieta Lopes da Costa, Chloé Siganos, Adida Cultural da Embaixada de França em Portugal, e Margarida Antunes

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 16 de Abril- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sexta-feira, 1 de Abril de 2011
Evasões Francesas

"Um Homem Falido", Artistas Unidos; "Exploração do Processo do Imaginário", Revólver

 

Estreou esta semana a peça Um Homem Falido, do dramaturgo, encenador e músico francês David Lescot. A encenação tem a assinatura de António Simão, com apoio de Jorge Silva Melo, e é levada à cena pelos Artistas Unidos com interpretações de Rúben Gomes, Américo Silva e Sylvie Rocha. O Homem Falido é, nas palavras do encenador, o "homem (que) vai “encolhendo” até desaparecer no meio das páginas de um livro, no meio de um pensamento" e que, sem propriedade ou meios de subsistência, fica reduzido à lei "do lado essencial e simples das coisas, do pensamento, do homem que nunca se aborrece, que nunca se farta de pensar". Para ver no Instituto Francês de Portugal até 9 de Abril, às 21.30.

A divulgação da arte contemporânea é a prioridade da associação Plataforma Revólver, que inaugurou no final de Março a exposição Exploração do Processo do Imaginário. Para chegar ao princípio da imaginação, Julien Isoré, curador da mostra, convidou a pintora Gaëlle Scali e a videasta Emilie Shalck, que apresentam a instalação The Look, Behind? (Just Hearing and Moving), o fotógrafo francês Bertrand Szymanski, que dá a ver souvenirs latents, e o fotógrafo belga, suíço e americano Rémy Russotto, que mostra Paranoia. Exploração do Processo do Imaginário está patente no Edifício Transboavista, Lisboa, até 5 de Maio.

 

Com Antonieta Lopes da Costa, Chloé Siganos, Adida Cultural da Embaixada de França em Portugal, e Margarida Antunes

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 2 de Abril- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sábado, 5 de Fevereiro de 2011
Evasões Francesas

 

Entre as propostas do Evasões para a próxima semana está o ciclo dedicado a Jacques Demy, que dá a ver ou a rever cinco filmes do realizador francês, desaparecido em 1990. O ciclo Demy começa com Lola (1961), com Anouk Aimée no papel de cantora de cabaret, 2ªf, 7 de Fevereiro, prossegue com La Baie des Anges (1963), com Jeanne Moreau a dar vida a uma femme fatale viciada no jogo, 2ªf, 14 de Fevereiro, Les Parapluies de Cherbourg (1964), com Catherine Deneuve e as agora clássicas canções de Michel Legrand, colaborador de sempre de Demy, I Will Wait For You e Watch What Happens. 2ªf, 21 de Fevereiro, às 19h, no IFP. Os últimos dois filmes do ciclo são Les Demoiselles de Rochefort (1967), musical protagonizado por Catherine Deneuve e a sua malograda irmã, Françoise Dorléac, que deu ao mundo o clássico You Must Believe in Spring/ La Chanson de Maxence, de Legrand, 2ªf, 28 de Fevereiro, e Peau d'Âne (1970), com Deneuve, Delphine Seyrig e a música de Michel Legrand, 2ªf, 7 de Março. Os filmes são exibidos com legendagem em português, sempre às 19h, e com entrada livre, no IFP.

Já esta semana abre ao público a exposição Pessoa ou o Caminhante Livre, da fotógrafa Claire Xavier, patente no IFP até 10 de Março.

 

Com Antonieta Lopes da Costa, Chloé Siganos, Adida Cultural da Embaixada de França em Portugal, e Margarida Antunes

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 5 de Fevereiro- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sexta-feira, 7 de Janeiro de 2011
Evasões Francesas

"Cyrano de Bergerac", "Vipère au Poing", "La Vie Devant Soi"

 

Quando o Cinema Namora a Literatura é o novo ciclo de cinema que o IFP organiza durante o mês de Janeiro, entre 10 e 24. Cinco filmes que adaptam textos clássicos da literatura francesa: Cyrano de Bergerac, de Jean-Paul Rappeneau (baseado na peça de Edmond Rostand) dá início à mostra, na 2ªf, 10 de Janeiro, às 19h. Por ordem são exibidos nos dias 11, 17, 18 e 24, Les Dames du Bois de Boulogne, de Robert Bresson, a partir de Jacques o Fatalista, de Diderot), La Belle et La Bête, de Jean Cocteau, adaptação da versão do conto publicado em 1757 por Jeanne-Marie Leprince de Beaumont, Vipère au Poing, de Philippe de Broca, que leva ao ecrã o romance de Hervé Bazin, e La Vie Devant Soi, de Moshé Mizrahi, que adapta o romance de Romain Gary. La Vie Devant Soi tem lançamento em português, pela Sextante, no dia 24, às 18.30, no IFP, que assim assinala os 30 anos da morte do escritor. Todos os filmes deste ciclo têm legendagem em português e entrada livre, a partir das 19h.

Em cena, até 22 de Janeiro, está a peça Vidas Com Sabor a Gourmet, uma criação colectiva da companhia Hipócritas em parceria com a associação Palavra D'Arte, a partir de textos de Yasmina Reza, Nathalie Sarraute, Mário Zambujal, Luiz Pacheco e Mário Henrique Leiria, entre outros. Com encenação de Juliana Conde, a peça tem representações de 5ªf a sábado, às 21.30.

Outras sugestões...

 

Com Antonieta Lopes da Costa, Chloé Siganos, Adida Cultural da Embaixada de França em Portugal, e Margarida Antunes

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 8 de Janeiro- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sexta-feira, 17 de Dezembro de 2010
Evasões Francesas

 

A duas semanas do fim do ano, o Evasões sugere o último filme do Ciclo dedicado aos Direitos Humanos que o Instituto Franco-Português acolhe desde Novembro. Votez Pour Moi! (2007) é um documentário do chinês Weijun Chen sobre a eleição de um representante por uma turma de crianças de 8 anos. A primeira experiência democrática dos alunos envolve professores e pais, revela-se intensa e devolve ao ocidente um reflexo dos seus regimes democráticos através dos 3 candidatos escolhidos: Cheng Cheng, o malandro, Luo Lei, o cauteloso, e Xu Xiaofei, a doce idealista. Documentário premiado em vários festivais, Votez Pour Moi! é exibido esta 2ªf, 20, no IFP. Às 19h, com entrada livre e legendagem em português.

Nas vésperas do Natal ficamos a conhecer a peça Vidas com Sabor a Gourmet, criação colectiva da companhia Hipócritas, a partir de textos de autores portugueses e franceses. A peça voltará aos palcos em Janeiro, mas esta primeira representação tem lugar no IFP na 5ªf, 23, às 19h.

 

Com Antonieta Lopes da Costa, Chloé Siganos, Adida Cultural da Embaixada de França em Portugal, e Margarida Antunes

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 18 de Dezembro- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010
Evasões Francesas

Robert Badinter (daqui); "Le Cabinet d'Un Amateur (Georges Pérec)" de Ramiro Osório

 

O ciclo de cinema que o Instituto Franco-Português dedica aos Direitos Humanos prossegue até 20 de Dezembro, com vários documentários de referência. Un Abolitionniste (2001), de Joël Calmettes, traça o percurso do advogado e político francês Robert Badinter, especialista em direitos de autor que, a partir de 1972- na sequência da defesa de dois presos condenados à guilhotina pelo assassinato de reféns, na prisão de Clairvaux- tomou para si a missão de abolir a pena de morte em França, o que veio a acontecer a 9 de Outubro de 1981. Joël Calmettes, o realizador, é autor de vários filmes sobre políticos e escritores (Albert Camus, François Mitterrand, Nelson Mandela e Erik Orsenna, entre outros). 2ªf, 6 de Dezembro, no IFP, às 19h, com entrada livre. Os filmes deste ciclo são legendados em português.

No debate filosófico mensal promovido pelo IFP e conduzido por Jean-Yves Mercury e Dominique Mortiaux, o tema escolhido em Dezembro é o sonho. 3ªf, 7, a partir das 21h, com entrada livre.

Por fim, até dia 29, ainda é possível visitar a exposição de pintura de Ramiro Osório, arquitecto, publicitário, escritor e artista plástico, patente no IFP.

 

Com Antonieta Lopes da Costa, Chloé Siganos, Adida Cultural da Embaixada de França em Portugal, e Margarida Antunes

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 4 de Dezembro- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sábado, 13 de Novembro de 2010
Evasões Francesas

"As Três Vidas de Lucie Cabrol", Teatro Mosca

 

Entre as várias propostas do Evasões para a semana que aí vem, antecipamos aqui o regresso ao cinema, no Instituto Franco-Português, com um ciclo dedicado aos Direitos Humanos, a decorrer entre 15 de Novembro e 20 de Dezembro. O filme escolhido para abrir o ciclo é O Caso Pinochet, do chileno Patricio Guzmán, estreado em Cannes, em 2001, e vencedor do Grande Prémio do Festival Internacional do Documentário de Marselha, no mesmo ano. 2ªf, 15 de Novembro, com legendagem em português e entrada livre, às 19h.

No final da semana, o Teatro Mosca apresenta o espectáculo As Três Vidas de Lucie Cabrol, a partir do romance Pig Earth de John Berger, o primeiro de uma trilogia sobre o dia-a-dia de uma pequena comunidade rural, isolada do mundo exterior. Com direcção de Pedro Alves, a peça está em cena no IFP entre 18 e 20 de Novembro, às 21.30. Outras propostas com...

 

Antonieta Lopes da Costa, Chloé Siganos, Adida Cultural da Embaixada de França em Portugal, e Margarida Antunes

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 13 de Novembro- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sábado, 23 de Outubro de 2010
Evasões Francesas

António Sem; "Pour Faire Une Cordelière"

 

Em parceria com o Instituto Franco-Português, o Evasões propõe-nos esta semana a exposição Sons da Música de António Sem, que o pintor concebe como uma "homenagem ao etéreo" porque "a música é a arte de mais imediata adesão, aquela que mais directamente atinge o coração e o espírito do homem, a que mais espontaneamente faz vibrar o seu inato sentimento do belo." Sons da Música está patente no IFP até 19 de Novembro.

O mesmo espaço acolhe a performance Pour Faire Une Cordelière, criada por Danielle Mémoire e Elizabeth Lennard para o Centro Georges Pompidou, no âmbito da mostra "le nouveau festival", consagrada à arte contemporânea, que decorreu no Centro Pompidou no final de 2009. Com vídeo de Elizabeth Lennard- autora de filmes como Rencontre avec Gisèle Freund (1981), Tokyo Melody, sobre Ryuichi Sakamoto (1985), Edith Wharton, The Sense of Harmony (1998) e Serge Poliakoff, portrait intime du peintre (2003), entre outros- e texto da escritora Danielle Mémoire, com mais de uma dezena de livros publicados, a performance Pour Faire Une Cordelière é apresentada no IFP com leitura de textos em francês e português por Thérèse Crémieux, Alínea B. Issilva, Danielle Mémoire e Miguel Azguime. 2ªf, 25 de Outubro, às 19h. A entrada é livre.

Outras propostas ainda com...

 

Antonieta Lopes da Costa, Chloé Siganos, Adida Cultural da Embaixada de França em Portugal, e Margarida Antunes

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 23 de Outubro- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sábado, 18 de Setembro de 2010
Evasões Francesas

Festival Música Viva 2010 e "Cameroun: Sortir Du Nkuta", Céline Metzger

 

No Evasões do fim-de-semana, o grande destaque vai para a 16ª edição do Festival Música Viva, organizada pela Miso Music. Até 25 de Setembro, o diálogo entre a música e a tecnologia, do analógico ao digital, é o centro da atenção, numa programação que inclui 11 obras em estreia absoluta. Até às 17h de amanhã, o CCB acolhe Sound Walk, uma instalação sonora colectiva da autoria de vários compositores de música electroacústica. Depois, a partir de 22 de Setembro, o Música Viva- que já passou pelo Mosteiro dos Jerónimos e pela Fundação Calouste Gulbenkian- decorre no Instituto Franco-Português, local de encerramento a 25. Informação detalhada sobre o Festival Música Viva 2010 aqui.

No Cinema São Jorge, em Lisboa, decorre deste ontem mais um Festival de Cinema Gay e Lésbico, que o IFP apoia desde a sua primeira edição. Entre a vasta programação, com mais de 100 filmes, França é um dos países mais representados, a par dos Estados Unidos e da Suíça. Este sábado é exibido Plein Sud (2009), longa-metragem de Sébastien Lifshitz (sala 1, 22h) e amanhã, domingo, o realizador Didier Blasco apresenta a curta Toilet Zone (2009) (sala 1, 17h). Até ao próximo dia 25, no entanto, são vários os filmes franceses com passagem pelo 14º Queer Lisboa: Cameroun: Sortir du Nkuta (2009), documentário de Céline Metzger, é exibido 2ªf, 20, às 17h, mas a lista completa dos filmes franceses pode ser consultada aqui.

Por fim, na série de debates filosóficos mensais que o IFP acolhe há já 3 anos, A Posse é o tema escolhido para a sessão de 3ªf, 21, às 21h. Os anfitriões são Jean-Yves Mercury e Dominique Mortiaux, a entrada é livre.

 

Com Antonieta Lopes da Costa, Chloé Siganos e Margarida Antunes

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 18 de Setembro- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sábado, 11 de Setembro de 2010
Evasões Francesas

Fotografia de Maud Téphany

 

O Evasões regressa hoje das suas férias de Verão, como sempre em parceria com o Instituto Franco-Português e com uma mão-cheia de sugestões. Este Lugar Não Existe é uma exposição de fotografia de Maud Téphany, nascida em Rennes em 1978 e a viver em Portugal, onde trabalha como webdesigner. Inaugurada esta semana, a mostra está patente no IFP até 16 de Outubro.

Nas artes do palco, o IFP acolhe Zerline, uma encenação de Robert Cantarella a partir do texto de Hermann Broch, com interpretação de Thérèse Crémieux, 3ªf, 14 de Setembro, às 21h, e a peça Mimosas da Argélia, do francês Richard Demarcy, que se inspirou, neste texto escrito em 1991, no caso histórico de Fernand Yveton, empregado fabril, comunista e defensor da independência da Argélia, que foi executado em 1957. As memórias e traumas da guerra da Argélia, num texto contra a amnésia, com leitura encenada por Davoud Ghorbanzadeh, entre 16 e 18 de Setembro, às 19h, antes de ser levado à cena, em Outubro, pela Comuna. Entrada livre.

Outros destaques com...

 

... Antonieta Lopes da Costa, Chloé Siganos, Adida Cultural da Embaixada de França em Portugal, e Margarida Antunes

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 11 de Setembro- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sexta-feira, 23 de Julho de 2010
Evasões Francesas

 

No último Evasões antes das férias de Agosto, o Instituto Franco-Português recebe o espectáculo Brel, Como Num Sonho, de dança e performance, que explora as diferentes facetas de Jacques Brel. A concepção e encenação são de Rita Neves, para a companhia Eclipse Arte, e as interpretações de Ana Rosa Mendes, António M. Rodrigues e Artur Mendonça, entre outros. Em cena no IFP, entre 27 e 31 de Julho, às 21.30.

Até ao final do mês ainda estão abertas ao público, no IFP, as instalações dos franceses Fabianny Deschamps e Olivier Perriquet e a exposição Chambre (Noire)- Duplications, de fotografias de Alix Cléo-Roubaud, em parceria com o Museu da Fotografia d'Aurillac e com a cortesia do poeta Jacques Roubaud.

 

Com Jean-Paul Lefèvre, Margarida Antunes e Antonieta Lopes da Costa

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 24 de Julho- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sábado, 17 de Julho de 2010
Evasões Francesas

Auto-retrato de Constant Le Breton; Guents dy Rincon

 

São muitas, as propostas que o Evasões traz hoje para os próximos dias e semanas. A primeira grande exposição, em Portugal, de obras de Constant le Breton, que abriu ao público em Maio passado e pode ser vista até 8 de Agosto, na Gulbenkian, é lembrada esta tarde. O pintor francês, que trabalhou as paisagens, os retratos, as naturezas-mortas e as cenas de interior, na pintura, aguarela e desenho, tem 67 obras expostas no Museu da Fundação.

Já no IFP estão patentes instalações dos franceses Fabianny Deschamps e Olivier Perriquet, que destacámos aqui na semana passada. Até 31 de Julho. E no final da próxima semana ouvem-se os Guents dy Rincon no IFP. Formados em 2007 por Santos Cabral, o cabo-verdiano contador de histórias, em várias línguas, com a sua voz e guitarra, o grupo integra ainda Zema, em percussão, Luzia, na guitarra, Zé Braz, em guitarra e cavaquinho, e Ângelo, em piano e guitarra. Juntos, estes 5 excelentes músicos exploram ritmos tradicionais de Cabo-Verde, em temas originais, e preparam-se para gravar um disco em breve. Por vezes tocam nas ruas de Lisboa mas no IFP poderemos ver e ouvir a formação completa, com o pianista. 6ªf, 23 de Julho, às 21.30.

 

Com Jean-Paul Lefèvre, Margarida Antunes e Antonieta Lopes da Costa

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 16 de Julho- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sexta-feira, 9 de Julho de 2010
Evasões Francesas

Zao Wou-Ki e Fabianny Deschamps & Olivier Perriquet

 

Em destaque, no Evasões do fim-de-semana, a 27ª edição do Festival Internacional de Teatro de Almada, que decorre ainda até 18 de Julho e que leva ao Instituto Franco-Português o espectáculo Chambre (Noire), num cruzamento entre teatro, fotografia e literatura, pela companhia Athra & Compagnie. Baseado no diário da fotógrafa Alix Cléo Roubaud, falecida aos 31 anos, o espectáculo O Quarto (Escuro), tem encenação de Julie Binot e interpretações de Béatrice Charon, Claire Fristot e Olivier Papot, e vê-se na garagem do IFP entre 14 e 17 de Julho, às 19h. Até 31 de Julho, entretanto, está patente no IFP Chambre (Noire)- Duplications, uma mostra da obra fotográfica de Alix Cléo Roubaud.

Inserida no Festival de Teatro de Almada, a peça Jogo Limpo de François Bégaudeau, com interpretação de Américo Silva, que iria estar em cena no IFP, foi cancelada por motivos de saúde do actor.

Outras propostas do Evasões passam pelas instalações de Fabianny Deschamps e Olivier Perriquet no IFP, com inauguração marcada para dia 6 de Julho, às 18.30, com a exibição de três filmes de Deschamps. Os franceses Fabianny Deschamps, cenógrafa e realizadora, e Olivier Perriquet, investigador científico e artista, são dois dos artistas seleccionados para a Bienal de Porto Santo. Mais informação sobre o trabalho dos artistas aqui.

Por fim, a Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva acolhe uma exposição de obras de Zao Wou-Ki, autor do painel de azulejo da estação de metro da Gare do Oriente, em Lisboa. O pintor chinês, radicado em França, tem agora uma pequena retrospectiva da sua obra de desenho, pintura e gravura, patente na Fundação até Setembro deste ano. Mais sugestões...

 

com Jean-Paul Lefèvre, Margarida Antunes e Antonieta Lopes da Costa

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 10 de Julho- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sexta-feira, 18 de Junho de 2010
Evasões Francesas

Barbara Carlotti e Philippe Besson

 

O Evasões do fim-de-semana dedica-se, quase em exclusivo, à 2ª edição do Festival Silêncio!, que começou esta semana e decorre ainda até dia 26 de Junho. No âmbito do festival, o Instituto Franco-Português acolhe a francesa Barbara Carlotti, um nome da chanson a descobrir amanhã, sábado, 19, em concerto a partir das 21h. L'Ideál, o seu primeiro disco, foi lançado em 2008.

Outros encontros marcados pelo Silêncio! 2010, e a que o IFP cede o seu espaço, são as Conversas do Silêncio, criadas para que escritores, tradutores, jornalistas e músicos debatem temas vários. Depois de Mathias Énard e Pedro Tamen na semana passada, as conversas continuam na 3ªf, 22, com os escritores Philippe Besson e Stéphane Audeguy, às 21h, na 4ªf, 23, com os escritores Alberto Manguel e Francisco José Viegas, às 21h, e na 5ªf, 24, com os músicos Saul Williams e Kalaf e o escritor José Luís Peixoto, às 21.30. Sempre no IFP. Mais informações aqui.

Por fim, atenção ainda para o ciclo Grande Prémio de Cinema Africano, que tem vindo a exibir obras premiadas. En Attendant le Bonheur, (Mauritânia, 2002) de Abderrahmane Sissako, recebeu o prémio da crítica internacional no Festival de cannes, 2002, na secção Un Certain Regard.

 

Com Jean-Paul Lefèvre, Margarida Antunes e Antonieta Lopes da Costa

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 19 de Junho- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sábado, 29 de Maio de 2010
Evasões Francesas

 

No Evasões da semana o destaque vai para a apresentação de Tarab, o novíssimo disco dos Danças Ocultas, o quarteto de concertinas (acordeão diatónico) formado por Artur Fernandes, Filipe Cal, Filipe Ricardo e Francisco Miguel em Maio de 89. Com repertório original, os Danças Ocultas levam a sua nova música- e temas de Danças Ocultas (96), Ar (98) e Pulsar (2004)- ao Instituto Franco-Português, este domingo, 30 de Maio, às 21h.

Ao longo de Maio e Junho, o IFP propõe Grande Prémio do Cinema Africano, um ciclo de algumas obras premiadas e pouco vistas entre nós. Depois de filmes de Souleymane Cissé e Idrissa Ouedraogo, esta mostra de cinema africano realizado nos últimos 30 anos, prossegue com a longa-metragem Au Nom du Christ (1993), de Roger Gnoam M'Bala (Costa do Marfim). A aventura de um criador de porcos que um dia tem uma visão dizendo-lhe qual a sua missão em vida: tornar-se primo de Cristo e salvar os fracos. Uma história sobre a espiritualidade e o abuso do poder, premiada no grande festival de cinema africano, Fespaco, em 93, em Locarno, Milão, Montréal e Durban.

O ciclo de cinema tem lugar no IFP todas as 2ªs, às 19h, com entrada livre e legendagem em português, até ao fim de Junho.

Outras propostas com...

 

... Jean-Paul Lefèvre, Margarida Antunes e Antonieta Lopes da Costa

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 29 de Maio-16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sexta-feira, 21 de Maio de 2010
Evasões Francesas

Desenho de Isabelle Faria

 

Entre as propostas do Evasões para a semana sugerimos aqui a exposição de desenhos de grande formato de Isabelle Faria (n.1973), com formação em arquitectura e artes plásticas. A mostra reúne trabalhos desenvolvidos desde 2006 sobre temas como a luxúria, a vaidade, a inveja e a ira, alguns dos quais tiveram exposição na Galeria 111, no Museu da Cidade (Lisboa) e em Paris. A inauguração está marcada para 3ªf, 25, às 18.30, no Instituto Franco-Português, com a presença da artista.

No final da próxima semana, o IFP é palco para um concerto dos Danças Ocultas com o repertório de Tarab, o disco que lançaram em 2009. Em 2004, o quarteto formado por Filipe Cal, Artur Fernandes, Filipe Ricardo e Francisco Miguel, tinha lançado o excelente Pulsar, com colaborações de Maria João e Mário Laginha, Gaiteiros de Lisboa, Rui Júnior, António Augusto Aguiar e Gabriel Gomes, entre outros. No novo Tarab, os Danças Ocultas regressam ao seu 4teto de concertinas e a uma música com referências "à ruralidade e ao cosmopolitismo do nosso tempo". Concerto marcado para domingo, 30 de Maio, às 21h.

 

Com Jean-Paul Lefèvre, Margarida Antunes e Antonieta Lopes da Costa

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 22 de Maio- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sexta-feira, 23 de Abril de 2010
Evasões Francesas

"Satin Rouge", Raja Amari

 

No Evasões deste fim-de-semana destacamos a peça As Cadeiras, clássico de Eugène Ionesco, levado à cena por Pablo Fernando para a companhia Algures Colectivo de Criação, Espaço Evoé, com interpretações de Diogo Andrade, Nádia Nogueira e Pablo Fernando. Para ver no Instituto Franco-Português de 30 de Abril a 2 de Maio, às 21.30.

O ciclo de cinema consagrado à temática amorosa, Ah... l'Amour!, prossegue no IFP com a exibição de Satin Rouge (2002), a primeira longa-metragem da realizadora tunisina Raja Amari, vencedora de vários prémios nos festivais de cinema de Montreal, Seattle e Turim. 2ªf, 26 de Abril, às 19h, com entrada livre e legendagem em português.

Por fim, no final da semana, o IFP recebe a exposição Meteorologia para Piano- Duplicidade e Cumplicidade, de pintura de Manuel d'Olivares, e de um concerto do pianista italiano de origem eslovena Miran Devetak, que interpreta ao piano composições inspiradas na meteorologia, de Beethoven, Liszt, Debussy e Ligeti. 4ªf, 28 de Abril, às 19h.

Outras propostas para conhecer com...

 

... Jean-Paul Lefèvre, Margarida Antunes e Antonieta Lopes da Costa

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 24 de Abril- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sábado, 20 de Março de 2010
Evasões Francesas

 

 

Este sábado celebra-se em todo o mundo o Dia da Francofonia e em Portugal são várias as propostas que continuam a marcar a Festa da Francofonia 2010, que decorre desde dia 16. Conferências, filmes, exposições e espectáculos são formas de celebração do diálogo intercultural a que se associam a França, a Bélgica, Andorra, Marrocos, o Canadá, o Luxemburgo, a Tunísia, a Suíça, a Roménia e Portugal.

No Instituto Cultural Romeno está patente a exposição Roménia Fotográfica, da Associação dos Artistas Fotógrafos da Roménia (AAFR), com 50 obras premiadas, a preto e branco e a cores, que pretende dar a conhecer a fotografia romena. Até dia 16 de Abril.

No Instituto Franco-Português, este sábado francófono assinala-se com o espectáculo Chansons pour l'Auvergnat, de homenagem a Georges Brassens, cantor, compositor e ícone da chanson. Canções como La Mauvaise Réputation, Les Passantes, Le Gorille, Les Amoureux des Bancs Publics, Mourir pour des Idées, La Complainte des Filles de Joie, Les Copains d'Abord ou Chanson Pour L'Auvergnat, entre muitas outras, são hoje verdadeiro património da canção e da poesia francesa. O espectáculo de homenagem a Brassens (1921-1981) acontece esta noite, no IFP, às 21h.

Também no IFP continua patente a exposição Um Polvo e Três Choquinhos... e Outras Coisinhas, de fotografia de Christiane Germonprez, realizada em viagens pela Europa e pela América do Sul. Até 24 de Abril.

 

Com Jean-Paul Lefèvre, Margarida Antunes e Antonieta Lopes da Costa

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 20 de Março- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sexta-feira, 12 de Março de 2010
Evasões Francesas

 

Entre as sugestões do Evasões deste fim-de-semana destacamos aqui o arranque da Festa da Francofonia 2010, com propostas de filmes, concertos, conferências e exposições, entre 16 e 20 de Março, a decorrer no Instituto Franco-Português, Instituto Cultural Romeno, Palácio Foz, Museu da Electricidade e Espaço Cultural da Fundação Sousa Pedro. O programa completo pode ser consultado aqui.

Fora de portas continua patente a exposição Auto-retratos do Mundo, Annemarie Schwarzenbach, que reúne cerca de 200 fotografias e textos literários e jornalísticos representativos da obra produzida pela fotógrafa, escritora e jornalista suíça ao longo da vida (1908-1942). Museu Colecção Berardo, até 22 de Abril.

 

Com Jean-Paul Lefèvre, Margarida Antunes e Antonieta Lopes da Costa

(produção de Filipa Paramés)

Sábado, 13 de Março- 16h



publicado por jazza-me
link do post | comentar


Rádio Blog
Carla Hilário Quevedo
Metro - Rádio Europa Lisboa
Tema da semana: Rádio Blogue.
Comente aqui ou em 21 351 05 90.
A sua voz vai para o ar :
6ª feira, 11h35/17h40
Domingo, 18h35






Rádio Europa Lisboa
Rua Latino Coelho, 50 - 1º
1050-137 Lisboa, Portugal
Tel.: 21 351 05 80

Email   Estamos no Facebook   Siga-nos no Twitter
Emissão online:

clique para ouvir a emissão da europa


Rádio Blog
Carla Hilário Quevedo
Metro - Rádio Europa Lisboa
Tema da semana: Rádio Blogue.
Comente aqui ou em 21 351 05 90.
A sua voz vai para o ar :
6ª feira, 11h35/17h40
Domingo, 18h35



POSTS RECENTES

Evasões Francesas

Evasões Francesas

Evasões Francesas

Evasões Francesas

Evasões Francesas

Evasões Francesas

Evasões Francesas

Evasões Francesas

Evasões Francesas

Evasões Francesas

Evasões Francesas

Evasões Francesas

ARQUIVOS
TAGS

todas as tags

blogs SAPO
SUBSCREVER FEEDS