Sexta-feira, 1 de Julho de 2011
OJM: Ellington, Basie e Goodman, Quinta de Santiago

 

A Orquestra de Jazz de Matosinhos percorre momentos da história do jazz, com repertório de Duke Ellington, Count Basie e Benny Goodman, com os seus 17 músicos: José Luis Rego, João Pedro Costa, Mário Santos, José Pedro Coelho e Rui Teixeira (saxofones), Gileno Santana, Rogério Ribeiro, Susana Silva e José Silva (trompetes), Paulo Perfeiro, Daniel Dias, Álvaro Pinto e Gonçalo Dias (trombones), Eurico Costa (guitarra), Carlos Azevedo (piano), Demian Cabaud (contrabaixo) e Marcos Cavaleiro (bateria) com direcção de Pedro Guedes. Este sábado, 2 de Julho, nos jardins do Museu da Quinta de Santiago/ Centro de Arte de Matosinhos, às 22h.



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Domingo, 8 de Maio de 2011
Discofonia

Maria João e Orquestra de Jazz de Matosinhos, Porto, Dezembro 2009

 

Standards do jazz, da música brasileira e os seus próprios- a escolha de Maria João, em colaboração estreita com Pedro Guedes, pianista e director artístico, com Carlos Azevedo, da Orquestra de Jazz de Matosinhos, resultou no primeiro disco da cantora com uma big band. Descobrimos Amoras e Framboesas, apresentado ao vivo em Lisboa na 9ª Festa do Jazz do São Luiz e agora editado, em viagem por alguns dos seus temas e em conversa com a cantora.

Os programas anteriores estão disponíveis aqui.

 

Com Mafalda Costa

2ªf, 9 de Maio- 18h



publicado por jazza-me
link do post | comentar | ver comentários (4)

Quinta-feira, 2 de Dezembro de 2010
Ao vivo

Catarina dos Santos, Massimo Cavalli

 

Em Lisboa há mais um ciclo de duos de jazz, embora ao duo se possam juntar outros músicos e o fim do mês se reserve a uma jam session, aberta a todos. Sempre às 5ªs, o mês de Dezembro, no restaurante Maritaca, começa justamente com um trio, formado pela cantora Catarina dos Santos, portuguesa a residir em Nova Iorque, onde estudou com John Patitucci e Cyro Baptista. Balanço do Mar, o seu primeiro disco em nome próprio, com um imaginário luso-afro-brasileiro, foi editado em 2009 e hoje está ao vivo com o nosso (italiano radicado em Portugal) contrabaixista Massimo Cavalli e o guitarrista e compositor cabo-verdiano Rolando Semedo. Esta 5ªf, 2 de Dezembro, a partir das 22h, na Av. 24 de Julho, 68 F, em Santos.

 

Luís Lopes (foto Cristina Cortez), Lost Socks, Travassos

 

Do encontro entre dois portugueses e um duo suíço nasceu o projecto Big Bold Back Bone, 4teto electroacústico que privilegia a improvisação livre e a energia rock. Luís Lopes (guitarra), Travassos (electrónica analógica) e os Lost Socks, de Marco Von Orelli (trompete) e Sheldon Suter (bateria), são uma das formações que integram o Muco 2010- Encontros de Música Urbana do Cartaxo, que decorre a 3 e 4 de Dezembro. Antes do concerto de sábado, 4, às 23h, no Centro Cultural do Cartaxo, os Big Bold Back Bone apresentam-se já hoje na Associação Bacalhoeiro, (R. dos Bacalhoeiros, 125), esta 5ªf, 2, às 23h.

 

Bruno Santos, Bernardo Moreira (foto Renato Nunes)

 

Em Alfama, o guitarrista e compositor Bruno Santos toca repertório original seu, e de outros compositores, com arranjos para 4teto. Em palco, o líder do TrioAngular e compositor do Septeto do Hot Clube é acompanhado pelos músicos cúmplices de longa data que formam este seu quarteto: Jorge Reis (saxofone), Bernardo Moreira (contrabaixo) e Bruno Pedroso (bateria). 6ªf, 3 de Dezembro, no Onda Jazz, a partir das 22.30.

 

 

O Septeto do Hot Clube, formado em 2001 e com actual direcção musical de Bruno Santos, que compôs o repertório gravado no primeiro disco do colectivo (edição TOAP 2009), está ao vivo em Alfama, com a actual formação de músicos docentes da Escola de Jazz Luis Villas-Boas:

Bruno Santos (guitarra e direcção musical), João Moreira (trompete), Lars Arens (trombone), Pedro Moreira (sax tenor), Rodrigo Gonçalves (piano), Bernardo Moreira (contrabaixo) e André Sousa Machado (bateria). Sábado, 4, a partir das 22.30, no Onda Jazz.

Acima, o 7teto ao vivo na Festa do Jazz do São Luiz 2010.

 

 

Em iniciativa da Associação Grémio das Músicas, que há 10 anos promove o jazz em todo o Algarve, decorre, este fim-de-semana, a 10ª edição do Jazz no Inverno, que assinala também a década de existência da AGM. A Orquestra de Jazz de Lagos, criada há 6 anos pelo trompetista Hugo Alves, que se mantém como director musical da big band, leva os seus 18 músicos ao Grande Auditório da Universidade do Algarve, com o histórico saxofonista britânico Peter King (sax alto), como solista. 6ªf, 3 de Dezembro, às 21.30, no Campus Gambelas, Faro.

 

 

A baterista Cindy Blackman traz o seu quarteto Explorations, com Antoine Roney (saxofones), Marc Cary (piano) e Rashaan Carter (contrabaixo) e uma música com referências no rock e no reggae. Para além da sua longa associação com Lenny Kravitz, Cindy Blackman trabalhou com Pharoah Sanders, Mulgrew Miller, Joe Henderson e Jackie McLean, entre outros. O segundo concerto do Jazz no Inverno 2010 tem lugar no sábado, 4, na Universidade do Algarve, Campus Gambelas, em Faro, às 21.30.

 

 

A Orquestra de Jazz de Matosinhos faz mais uma viagem pelas peças e as histórias que o jazz tem a contar nos nossos dias, com repertório de Carla Bley e Charlie Haden, Maria Schneider e John Hollenbeck, Wynton Marsalis e Bob Brookmeyer. Os 17 músicos da OJM estão ao vivo, com direcção de Carlos Azevedo e Pedro Guedes, no Cine-Teatro Constantino Nery, em Matosinhos, este sábado, 4 de Dezembro.

 

 

O trio Ad Lib, formado em 1996, junta o jazz e o rock à música popular, erudita e contemporânea, numa instrumentação particular: violino, guitarras e contrabaixo. Pedro Pacheco, António Lopes Gonçalves e Marc Ramirez, convidam, para este concerto, a cantora Verónica Silva e o baterista Rui Sul Gomes. No bar Vinyl, junto à antiga Fil, Travessa da Galé, 36, Lisboa.

 

 

Por fim, na agenda do fim-de-semana, destacamos ainda o Muco- Encontros de Música Urbana do Cartaxo, com uma programação centrada nas formas exploratórias do jazz, da electrónica e do rock. A 3 e 4 de Dezembro, no Centro Cultural do Cartaxo, com concertos a partir das 22h. O programa completo está aqui.



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010
Discofonia

Pedro Guedes, Orquestra de Jazz de Matosinhos

 

17 músicos, incluindo os pianistas e compositores Pedro Guedes e Carlos Azevedo, directores artísticos, formam a Orquestra de Jazz de Matosinhos, criada há 11 anos. Um percurso breve mas rico, consagrado à criação de um repertório próprio bem como à interpretação de clássicos do jazz para big band- como nos projectos com música de Thad Jones e Bob Brookmeyer. As colaborações, por outro lado, com músicos como Chris Cheek, Carla Bley, Lee Konitz, Ohad Talmor e John Hollenbeck, entre outros, têm dado origem a discos como OJM Invites Chris Cheek (2006), Portology (2007)- com Lee Konitz e Ohad Talmor-, e o novíssimo Our Secret World, lançado em Setembro e Outubro passados, em Lisboa (Lux), Porto (Casa da Música) e Nova Iorque (Iridium Jazz Club), com composições do guitarrista Kurt Rosenwinkel, solista no álbum- fazendo da OJM um caso único no cenário do jazz português. Depois de uma primeira conversa, em 2007, no CCB, o Discofonia recebe hoje Pedro Guedes e a música de Our Secret World.

Os programas anteriores estão aqui.

 

Com Mafalda Costa

2ªf, 29 de Novembro- 18h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Quarta-feira, 29 de Setembro de 2010
Kurt Rosenwinkel: Masterclass em Lisboa, 5 de Outubro

 

Guitarrista e compositor, Kurt Rosenwinkel (n. 1970, EUA) é visto como um inovador e um improvisador notável da nova geração do jazz contemporâneo. Desde o início da década de 90, quando se fez notar, em Nova Iorque, ao lado de Paul Motion e Brian Blade, o guitarrista tem trabalhado enquanto líder e sideman, produtor e até arranjador, numa série de contextos e estéticas, de que são exemplos Heartcore (2003), gravado com Q-Tip, The Remedy (2007), registado em 5teto no Village Vanguard, com repertório original, Reflections (2009), disco de standards, em trio, e Our Secret World (2010), em parceria com a Orquestra de Jazz de Matosinhos.

Na sequência da série de masterclasses que a Licenciatura em Jazz e Música Moderna da Universidade Lusíada de Lisboa tem vindo a organizar, Kurt Rosenwinkel é o senhor que se segue. 3ªf, 5 de Outubro, das 12h às 14h, no Auditório 4 da Lusíada. A masterclass é dirigida a estudantes de jazz e público em geral. Mais informações aqui.

A Orquestra de Jazz de Matosinhos apresenta o novo disco, Our Secret World, com composições de Kurt Rosenwinkel e arranjos de Carlos Azevedo, Pedro Guedes e Ohad Talmor, e com a presença de Rosenwinkel, na Casa da Música, a 3 de Outubro, pelas 22h, e no dia 4 de Outubro, no Lux, Lisboa, às 22h.

Abaixo, um momento da gravação de Our Secret World.

 



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Segunda-feira, 27 de Setembro de 2010
Discofonia

Demian Cabaud (Foto de Hélio Gomes)

 

Nasceu em Buenos Aires, estudou no Berklee College of Music e veio a Portugal, onde se apaixonou por Sintra. Acabou por ficar. Ao longo do seu percurso, o contrabaixista Demian Cabaud tem tocado com Joe Lovano, Gerald Cleaver, Francisco Mela, Bill Carrothers, Jorge Rossy, Nuno Ferreira, Afonso Pais, Jorge Reis, Pedro Moreira e André Matos, entre muitos outros músicos. Estreou-se em disco com Naranja (TOAP, 2008), com um colectivo estrangeiro, e lançou agora Ruínas (TOAP), o seu segundo álbum enquanto líder, no qual assina quase todas as composições. João Guimarães (sax alto), Zé Pedro Coelho (sax tenor) e Marcos Cavaleiro (bateria), membros da Orquestra de Jazz de Matosinhos, formam o novo 4teto do contrabaixista da Orquestra, que convidou ainda, para este seu segundo registo, o pianista argentino Leo Genovese e o guitarrista André Fernandes. Dois anos depois de Naranja, voltamos a receber Demian Cabaud para nos falar do que mudou na sua música.

Os programas anteriores estão aqui.

 

Com Mafalda Costa

2ªf, 27 de Setembro- 18h



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Quinta-feira, 26 de Agosto de 2010
Ao vivo

Hugo Antunes

 

No último Jazz às 5ªs de 2010, o contrabaixista Hugo Antunes estreia o seu primeiro disco em nome próprio, Roll Call, editado esta semana pela Clean Feed. Hugo Antunes estudou na Escola do Hot Clube, no Conservatório de Amesterdão e vive actualmente em Bruxelas, onde frequenta o Royal Belgium Conservatory. Roll Call reúne o italiano Daniele Martini (sax tenor), o belga Toine Thys (sax soprano, tenor, clarinete baixo), o checo Marek Patrman (bateria) e o português João Lobo (bateria) para uma música improvisada a partir das coordenadas indicadas pelo contrabaixista. Uma oportunidade rara para ver um 5teto representante da nova e muito activa cena jazz da Bélgica. Esta 5ªf, 26 de Agosto, a partir das 22h. Cafetaria Quadrante do CCB, com entrada livre.

 

 

Desde meados de Agosto e ainda até dia 12 de Setembro, Lisboa acolhe A Arte da Big Band, em parceria com o Hot Clube de Portugal. Integrado na iniciativa Lisboa na Rua, o ciclo oferece a possibilidade de ver e ouvir ao vivo, em locais privilegiados como os parques, miradouros e jardins da capital, cinco das mais representativas orquestras nacionais de jazz. Depois da Reunion Big Band, conduzida por Claus Nymark, e da Orquestra de Jazz de Lagos, dirigida por Hugo Alves, esta semana toca a Orquestra de Jazz de Matosinhos, criada pelos pianistas e compositores Carlos Azevedo e Pedro Guedes. Com José Luis Rego, João Guimarães, Mário Santos, José Pedro Coelho, Rui Teixeira (saxofones), Rogério Ribeiro, Susana Santos Silva, José Silva, Erick Poirier (trompetes), Michael Joussein, Álvaro Pinto, Daniel Dias, Gonçalo Dias (trombones), Demian Cabaud (contrabaixo) Carlos Azevedo e Pedro Guedes (piano) e Marcos Cavaleiro (bateria). Esta 5ªf, 26, no Miradouro de São Pedro de Alcântara, ao Bairro Alto, a partir das 19h. Entrada livre.

 

 

Em Sines começa esta noite a 4ª edição do Sines em Jazz com 6 concertos no Auditório do Centro de Artes de Sines e jam sessions na 6ªf, 27, e sábado, 28, na Cafetaria do Castelo. O concerto inaugural desta edição é do 5teto da cantora Sara Valente.

 

Sara Valente

 

Reunindo originais de Wayne Shorter, Oliver Nelson, Horace Silver, Thelonious Monk e Miles Davis, Sara Valente percorre diferentes vertentes do jazz com uma formação já registada no seu primeiro disco, Blue in Green. Esta 5ªf estão no palco, com a cantora, João Maurílio (piano), Gonçalo Marques (trompete), Nelson Cascais (contrabaixo) e Paulo Bandeira (bateria). Centro de Artes de Sines, às 22h.



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Quinta-feira, 19 de Novembro de 2009
Ao vivo

           Anne Paceo e Henri Texier ao vivo em 2007

 

Um jovem talento da bateria jazz no feminino está ao vivo, por estes dias, em Lisboa. Anne Paceo, de 25 anos, começou a tocar bateria aos 9 e dedicou-se ao jazz a partir dos 12 anos de idade. Lançou o seu primeiro disco, Triphase, em trio, no ano passado e foi nomeada para os prémios franceses de jazz Django d'Or, em 2008, como "young live talent". No último ano acompanhou músicos como Henri Texier, Rhoda Scott, Stéphane Belmondo, Laurent de Wilde e Médéric Collignon, entre outros. Em Lisboa, Anne Paceo toca com Joan Eche-Puig (contrabaixo) e Leonardo Montanas (piano), no Onda Jazz, esta 6ªf, 20, e sábado, 21, a partir das 23.30.

 

           Steve Potts fotografado por Marco d' Amico (daqui)

 

Esta 6ªf, o Instituto Franco-Português organiza uma mesa-redonda consagrada ao tema das relações do Jazz com a França, cuja capital acolhe, desde a década de 20, inúmeros músicos norte-americanos e europeus. "Jazz toca-se nos EUA, pensa-se na Europa" conta com as participações do saxofonista Steve Potts, americano residente em Paris, José Duarte, Helder Martins, autor do livro Jazz em Portugal_1920-1956, Serge Baudot, jornalista e crítico de jazz, Alex Dutilh, jornalista, fotógrafo e realizador de programas de jazz na rádio, e Thierry Riou, músico e um dos proprietários do Onda Jazz. A mesa-redonda tem entrada livre e decorre no IFP, esta 6ªf, 20, entre as 17.30 e as 19.30.

À noite, Steve Potts toca com alunos da Escola de Jazz do Hot Clube, no Auditório do IFP. Radicado em França desde 1970, Potts tem um percurso que se cruza com alguns dos maiores músicos da história do jazz: estudou com Charles Lloyd e Eric Dolphy, conviveu com John Coltrane, Jimmy Garrison, Herbie Hancock e Wayne Shorter, tocou com Chico Hamilton, Dexter Gordon, Ben Webster e o Art Ensemble de Chicago. Nos últimos anos tem desenvolvido inúmeros projectos com músicos franceses e italianos. O concerto começa às 21h.

Em Estarreja, o jazz tem toda atenção com o EstarreJazz 2009, que decorre desde dia 17 e até sábado, 21. O nosso destaque vai para a Orquestra de Jazz de Matosinhos, que este ano celebra o seu décimo aniversário, e dá um concerto de tributo a históricos líderes de big bands: Andy Kirk, Benny Carter, Chick Webb e Count Basie. 6ªf, 20, às 21.30, no Cine-Teatro de Estarreja. No sábado, 21, noutro concerto que recomendamos, sobem ao palco o contrabaixista Carlos Bica e o pianista João Paulo, cúmplices musicais há mais de uma década. Às 21.30, no Cine-Teatro de Estarreja. O vídeo abaixo é de um tema de Bica para o álbum Diz, com Ana Brandão, João Paulo, Catharina Gramss e Mike Rutledge.

 

 

No Barreiro, o Be Jazz Café da Escola de Jazz do Barreiro, que comemora o décimo aniversário em 2009, volta a receber as Jam Sessions das sextas-feiras, abertas a todos os interessados. A lista de temas para as Jam Sessions está aqui.

O Guimarães Jazz 2009 encerra a sua 18ª edição com dois concertos: a Big Band da E.S.M.A.E., composta por jovens músicos em formação, toca sob a direcção do pianista George Colligan, às 18h, e um novo projecto do trompetista Dave Douglas com a Blood Sweat Drum'n' Bass Big Band, uma das orquestras dinamarquesas mais experimentais, dirigidas pelo pianista Jim McNeely. Sábado, 21, às 22h, no C.C. Vila Flor.

Na Fábrica Braço de Prata ouve-se um novo 4teto do pianista Júlio Resende, com o pianista Luís Figueiredo, João Custódio (contrabaixo) e Joel Silva (bateria), 6ªf, 20, às 22.30, e o trio do trompetista Gonçalo Marques, com Demian Cabaud (contrabaixo) e Bruno Pedroso (bateria), no domingo, 22, às 22h.

Por fim, os Dead Combo, de Tó Trips (guitarras) e Pedro Gonçalves (contrabaixo, kazoo, melódica e guitarras), apresentam no São Luiz o seu primeiro disco ao vivo, gravado no Hot Clube com o baterista Alexandre Frazão. O duo vai ter como convidados Ana Araújo (piano), João Cabrita (saxofone), João Marques (trompete), Jorge Ribeiro (trombone) e Alexandre Frazão (bateria), nas duas noites de concerto, 6ªf, 20, e sábado, 21h, às 23.30, no Jardim de Inverno.



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sexta-feira, 26 de Junho de 2009
7ª Festa do Jazz do São Luiz: 26 a 28 de Junho

 

 

Terminamos a nossa antevisão da 7ª Festa do Jazz do São Luiz, que começa esta noite. Domingo, 28, o Teatro-Estúdio Mário Viegas recebe o projecto IN-éditos de Laurent Filipe, em estreia absoluta, com Mário Delgado (guitarra), Massimo Cavalli (contrabaixo) e Bruno Pedroso (bateria), às 18h. A Orquestra de Jazz de Matosinhos interpreta compositores portugueses com o guitarrista André Fernandes como solista convidado. Na Sala Principal, às 19h.

O baterista Acácio Salero traz a Lisboa Secret Apache, projecto em que assina as composições e toca saxofones, com Serafim Lopes (guitarra), Luís Lapa (guitarra/ fliscórnio), Paulo Perfeito (trombone), Sérgio Carolino (tuba), Marcos Cavaleiro (bateria) e Hugo Raro (teclados). No Teatro-Estúdio Mário Viegas, às 20h.

A Sala Principal é também palco para El Fad, do guitarrista José Peixoto, com Carlos Zíngaro (violino), Yuri Daniel (contrabaixo) e José Salgueiro (bateria, percussão). Às 21h.

 

 

Finalmente, o 5teto do guitarrista Ricardo Pinheiro apresenta-se pela primeira vez na Festa do Jazz, com os pianistas Mário Laginha e João Paulo, Demian Cabaud (contrabaixo) e Alexandre Frazão (bateria), e o saxofonista Chris Cheek, como convidado especial. Na Sala Principal, às 22.30.

 

 

A última formação é o 4teto da baterista Lucía Martinez, que apresenta o seu primeiro disco, Soños e Delírios, com João Pedro Brandão (sax alto, flauta), Pedro Neves (piano, melódica) e Carl Minnemann (contrabaixo). Às 24h, no Jardim de Inverno.

A Festa do Jazz termina com a célebre jam session, no Jardim de Inverno, à 1h.



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Quinta-feira, 27 de Março de 2008
Ao vivo

Orquestra de Jazz de Matosinhos

É uma das big bands nacionais que há mais tempo aposta em repertório próprio, composto por Carlos Azevedo e Pedro Guedes, pianistas e directores da Orquestra de Jazz de Matosinhos. No seguimento do trabalho com solistas como Ingrid Jensen, Lee Konitz ou Mark Turner, a OJM convidou o norte-americano Chris Cheek e com ele gravou o disco OJM invites Chris Cheek. O concerto da Culturgest irá apresentar os temas deste mesmo álbum e algumas peças novas. 6ªf, 28, às 21.30.

Esta noite, no entanto, a Fábrica Braço de Prata recebe o guitarrista Pedro Madaleno e o seu Standards Trio, com Miguel Amado (contrabaixo) e Alexandre Frazão (bateria). 5ªf, 27, às 23h.
A Livraria Trama é palco para a estreia do Bruno Pernadas Ensemble, do guitarrista e pianista Bruno Pernadas, com Ricardo Ribeiro (clarinete baixo e soprano, sax alto), Pedro Pinto (contrabaixo) e João Correia (bateria). O repertório tem influências europeias e norte-americanas, do jazz à música experimental e electrónica. Rua S. Filipe Nery, 25B, ao Largo do Rato, às 21.30, com entrada livre.
No Hot Clube toca o 6teto do contrabaixista Zeca Neves e o seu projecto Future Now, com Jorge Reis (sax alto), Nuno Ferreira (guitarra), Alexandre Diniz (piano), Carlos Miguel (bateria) e Sebastian Scheriff (percussão). 3 noites de concertos, no clube da Praça da Alegria, a partir desta 5ªf, às 23h.
Amanhã, no Onda Jazz, Pedro Madaleno apresenta o seu novo projecto, Dissidentes, com Yuri Daniel (baixo eléctrico) e Alexandre Frazão (bateria).
E na Fábrica Braço de Prata toca um 4teto composto por Bernardo Moreira (contrabaixo), P. (bateria), Júlio Resende (piano, Fender Rhodes) e Pandelis Karayorgis (Fender Rhodes, piano), músico grego que tem tocado com Ken Vandermark e Nate McBride. 6ªf, 28, às 23h. O jazz segue mais tarde com o 4teto da pianista Paula Sousa, com Nuno Costa (guitarra), Mário Franco (contrabaixo) e Rui Pereira (bateria). 6ªf, 28, à 1h.

Finalmente, esta noite começa também a 2ª edição do Jazz n' Gaia (2008):



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Sábado, 15 de Dezembro de 2007
Ao vivo

 

No Jardim de Inverno do Teatro São Luís há jazz em diálogo com ritmos africanos e brasileiros, na terceira noite de Saravá!, o novo projecto do guitarrista Joel Xavier em trio, com Gustavo Roriz (baixo fretless) e Milton Batera (bateria, percussão). Depois de vários discos, em colaboração com Richard Galliano, Michel Camilo, Ron Carter e Paquito D'Rivera, este poderá vir a ser o próximo registo do guitarrista. Sábado, 15, às 22h, no São Luís.

 

No Hot Clube, a cantora Lena D'Água apresenta Sempre, o seu novo disco, com Bruno Santos (guitarra), João Moreira (trompete), Miguel Amado (baixo) e Marco Franco (bateria). Praça da Alegria, às 23h.

 

O Onda Jazz recebe o 5teto do baterista Jorge Moniz, com Gonçalo Marques (trompete), Francisco Andrade (sax tenor), Júlio Resende (piano), Nuno Correia (contrabaixo). Arco de Jesus, 7, às 23h.

 

 

E no Porto, esta noite, a norte-americana Dee Dee Bridgewater é solista convidada da Orquestra de Jazz de Matosinhos, em concerto único, na Sala Suggia da Casa da Música, às 22h.

Bom fim-de-semana!



publicado por jazza-me
link do post | comentar | ver comentários (1)

Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2007
Discofonia

 

Héritage Big Band foi o primeiro nome da formação, que tocava todas as 2ªs no Bar Héritage do Porto. Desde 99 como Orquestra de Jazz de Matosinhos e com direcção dos pianistas e compositores Pedro Guedes e Carlos Azevedo, a orquestra tem sido uma das raras formações do género em Portugal a criar um repertório próprio para big band. Os saxofonistas Chris Cheek e Lee Konitz, solistas nos dois discos recentes da orquestra (Orquestra de Jazz de Matosinhos invites Chris Cheek e Portology), são apenas alguns dos músicos com quem têm trabalhado. Segundo Pedro Guedes, o convidado desta semana, o objectivo da OMJ é tocar sempre com os melhores.

Na passada 3ªf encerraram a festa do Portugal Jazz no CCB e no próximo domingo, 9 de Dezembro, tocam na zona Ribeirinha de Santos, no âmbito do Mundo Dakar, às 21h.



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2007
Portugal Jazz no CCB

 

Amanhã é dia de festa para o Portugal Jazz, o festival itinerante de jazz que nos últimos 8 meses levou concertos e acções pedagógicas aos auditórios e centros de cultura de 24 municípios do país. A iniciativa do JACC- Jazz ao Centro Clube celebra o seu primeiro ano no Grande Auditório do CCB: às 11h, e só para os mais pequenos, há Jazz Trocado Por Miúdos, com direcção artística do saxofonista Mário Santos, e à noite sobem ao palco os 4tetos da Escola de Jazz do Barreiro, da Escola do Hot Clube e da ESMAE, do Porto. A noite termina com o concerto da Orquestra de Jazz de Matosinhos e o repertório original de Carlos Azevedo e Pedro Guedes. 3ªf, 4 Dezembro, às 21h.



publicado por jazza-me
link do post | comentar


Rádio Blog
Carla Hilário Quevedo
Metro - Rádio Europa Lisboa
Tema da semana: Rádio Blogue.
Comente aqui ou em 21 351 05 90.
A sua voz vai para o ar :
6ª feira, 11h35/17h40
Domingo, 18h35






Rádio Europa Lisboa
Rua Latino Coelho, 50 - 1º
1050-137 Lisboa, Portugal
Tel.: 21 351 05 80

Email   Estamos no Facebook   Siga-nos no Twitter
Emissão online:

clique para ouvir a emissão da europa


Rádio Blog
Carla Hilário Quevedo
Metro - Rádio Europa Lisboa
Tema da semana: Rádio Blogue.
Comente aqui ou em 21 351 05 90.
A sua voz vai para o ar :
6ª feira, 11h35/17h40
Domingo, 18h35



POSTS RECENTES

OJM: Ellington, Basie e G...

Discofonia

Ao vivo

Discofonia

Kurt Rosenwinkel: Masterc...

Discofonia

Ao vivo

Ao vivo

7ª Festa do Jazz do São L...

Ao vivo

Ao vivo

Discofonia

ARQUIVOS
TAGS

todas as tags

blogs SAPO
SUBSCREVER FEEDS