Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jazza-me muito...

O JAZZ SUBIU-NOS À CABEÇA!

O JAZZ SUBIU-NOS À CABEÇA!

jazza-me muito...

21
Mai09

Rádio Blog: A professora de Espinho

jazza-me

                                                                          (imagem Wikipédia)

 

Amanhã é dia de ouvirmos os comentários de todos sobre os distúrbios no Bairro da

Bela Vista, tema de debate nos últimos dias...

 

com Carla Hilário Quevedo e Antonieta Lopes da Costa

6ªf., 22 de Maio- 10.35

Domingo, 24 de Maio- 18.35

 

O caso da professora de história de Espinho levanta várias questões e é tema de discussão para os próximos dias, numa proposta de Carla Hilário Quevedo em parceria com o jornal Meia Hora. Dê-nos a sua opinião mais abaixo ou através do 21.351.05.90 até 5ªf, às 16h.

 

A professora de Espinho

A professora da Escola EB 2-3 Sá Couto, em Espinho, que foi suspensa e é alvo de um inquérito disciplinar por abordar questões sexuais de forma imprópria numa sala de aula, pode incorrer numa pena que vai da simples repreensão à demissão, passando pelo pagamento de uma multa ou pela suspensão do cargo. Há quem considere que a situação não é tão grave como apareceu pintada. Há mesmo alunos que elogiam sem reservas a dedicação e o cuidado que esta professora tem tido com eles. Aparentemente, a educadora passa por autoritária e bruta, mas a única prova de que dispomos deste comportamento é a famosa gravação. Talvez use as suas tiradas sobre sexo para exercer o seu poder na sala de aula, enquanto humilha os alunos. Pode até ser. Mas penso que não podemos descartar a possibilidade de esta senhora ser bem-intencionada e estar realmente preocupada com o despertar da sexualidade nos adolescentes. É certo que a delicadeza e a subtileza não são o seu forte, mas as maneiras bruscas e dominadoras podem levar ao engano. A cobertura jornalística do caso ajudou à condenação imediata e irreflectida da professora? A gravação não autorizada da aula terá sido uma manobra dos estudantes para prejudicar a docente? Se é de facto uma má profissional, porque há tantos alunos a defendê-la?

20 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Emissão online:

clique para ouvir a emissão da europa




Rádio Europa Lisboa
Rua Latino Coelho, 50 - 1º
1050-137 Lisboa, Portugal
Tel.: 21 351 05 80

Email   Estamos no Facebook   Siga-nos no Twitter

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2007
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2006
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D