Sexta-feira, 15 de Abril de 2011
Rádio Blogue: crédito fácil

 

Chegados ao final da semana revemos diversas opiniões sobre a violência no mundo do futebol...

 

Com Carla Hilário Quevedo e Antonieta Lopes da Costa

6ª, 15 de Abril- 11.35/ 17.40

Domingo, 17 de Abril - 18.35

 

Nos próximos dias debatemos o dinheiro fácil e o endividamento. O crédito fácil ajudou à ruína dos portugueses? Dê-nos a sua opinão mais abaixo ou através do 21.351.05.90, em mensagem de voz, até às 16h da próxima 5ªf. A crónica de Carla Hilário Quevedo é publicada aqui em parceria com o jornal Metro.

 

Crédito fácil

O Fernando sonha com viagens. Mas com três filhos era difícil realizar os seus sonhos. Um dia pediu um empréstimo e levou a família numas merecidas férias às Caraíbas. Como? Pediu dinheiro emprestado a uma empresa de crédito a particulares. O juro não era alto e a taxa fixa convencera o Fernando de estar a fazer um óptimo negócio. Mas a vida mudou. As férias nas Caraíbas correram mal e a mulher pediu o divórcio. Com apenas um salário para tantas pensões de alimentos, o Fernando deixou de cumprir o pagamento da mensalidade à empresa de crédito. Nunca mais teve férias na vida. A Vanda e o Paulo moravam numa casa velha e um dia decidiram fazer obras. Pediram dinheiro emprestado a uma empresa de crédito a particulares. O juro não era alto e a taxa fixa convencera ambos de estarem a fazer um óptimo negócio. Mas a vida mudou. A empresa onde a Vanda e o Paulo trabalhavam fechou e deixaram de pagar a mensalidade à empresa. O Luís queria muito ter um iPad. Quando percebeu que o banco o financiava para o comprar em suaves prestações de quarenta euros por mês, durante 24 meses, nem hesitou. Era só mais um empréstimo que contraía, além do crédito à habitação, o empréstimo para pagar o carro e o cartão de crédito. Eram só mais quarenta euros por mês. Um dia o Luís viu que o banco afinal era o dono de tudo o que achava ser seu. Vendeu o carro, pagou o empréstimo automóvel e passou a andar de autocarro. Graças a um segundo emprego, durante dois anos pagou o cartão de crédito e o iPad. Manteve o crédito à habitação. Passados dois anos, no dia mais feliz da sua vida, o Luís cortou o cartão de crédito à tesoura. O crédito fácil ajudou à ruína dos portugueses?



publicado por jazza-me
link do post | comentar

Comentários:
De Luís Gonçalves a 15 de Abril de 2011 às 13:10
... E mais gente na miséria com férias da Páscoa no "estrangeiro"...
E ninguém quer pagar a crise... As férias para as caraíbas esgotaram-se, os ipods esgotam-se nas lojas, os restaurantes e tascas cheios à hora de almoço, os carros de luxo continuam a vender, os motoristas para o senhor doutor, a senhora secretária com apartamento no Algarve, o professor doutor comenta na TVI, o professor presidente é mandado calar, os administradores do banco de Portugal ganham 250.000 euros, o operador de call center ganha 1.000 euros e queixa-se porque não pode pagar as férias, as èntradas nas discotecas, o curso de inglês, o aparelho dos dentes, o telefone cm "touch screen", o carro com "jantes de liga leve", a senhora Albertina limpa, varre, esfrega, com um sorriso de dentes amarelos e aquele que se perdeu por culpa dum torresmo "mais durinho", mas sorri, de mãos sujas, casa degradada, roupa desbotada, carteira vazia e mais um dia de sol e calor... Criei um blog, fiz log in no facebook e falei com os meus "amigos", organizei um evento, vom jantar fora, compro uma "barrinha", vou a uma festa que comemora o 25 de Abril... organizada por brasileiros,frequentada por taficantes e consumidores, que tem um after e outro after depois do after, é sexta feira, este fim de semana vai arrebentar!! E o Benfica ganhou, o meu Benfica, parabéns ao jesus e aos jogadores!... pois... quando se ganha tanto, pago por fundos públicos, terrenos públicos, estádios com dinheiros públicos... Mas hoje é festa de arromba!!
Ai, esta crise está a stressar as pessoas, coitadinhas das pessoas...
Tanto dinheiro mal gasto pelo governo... e as fortunas que estes administradores e políticos ganham, que falta de vergonha!!
Preciso mesmo destas férias... Punta cana cá vou eu, pra esquecer a crise!! E arranjar maneira de pagar as prestações a partir do final de maio... queres ver que tenho que emigrar?? Ouvi dizer que Londres é "super cool" e que se ganha bem... mas como vou viver sem o meu sol?? Ai, nem quero pensar nisso agora... Vou ouvir um jazz, pois quem houve jazz é culto, endinheirado, de boa educação e boas famílias, não é como essa escumalha de gente, culpada por mais esta crise... Estúpidos, pensavam que era só pedir pra casas, carros, férias e depois não tinham que pagar... Que falta de nível, até sinto vergonha de ser portugues... Ufa, o meu jazz, enfim, com a rádio Europa... E enquanto escuto vou ver umas fotos de Cancun, na "brochure" que me deram... Ciao bella!!


De Ana a 21 de Abril de 2011 às 11:49
Eu acho que somos todos demasiado melodramáticos!! Se não vejamos: esta semana Lisboa está vazia. Em hora de ponta os comboios têm lugares vazios em vez da habitual sardinhada.
Está tudo de férias, fora da cidade ou fora do país, com as agências de viagens a esfregar as mãos de contente.
Ou então os tugas aproveitaram a chegada do FMI e emigragam de vez, o que também é possível.
Mas se o crédito fácil ajuda à ruína? Claro que não! O tuga aguenta e o crédito fácil ainda dá uma ajudinha para dar uma saltada a Cabo Verde. Depois logo se vê...


De Anónimo a 21 de Abril de 2011 às 16:40
Atenção ao governo de uma casa. Não façamos como têm feito os sucessivos governantes deste País. O meu lema é:
Não há dinheiro não se compra. Com excepção da compra de uma casa que nos custa, a quem trabalha, os olhos da cara, e se calhar pagamo-la bem mais que uma vez, as outras coisas devem comprar-se com dinheiro na mão. Tem de haver dinheiro para os bens essenciais, o resto é de alguma maneira supérfulo .
Nunca me dei mal até agora com este meu lema e já vou nos 57.
Ricardo Santos


De generic viagra a 3 de Novembro de 2011 às 14:22
Este blog é fantástico, eu não tinha visto nenhum semelhante antes. Tenho que aceitar eu achei por um golpe de sorte, mas estou impactado com a sua qualidade. Eu espero que você continue postando com a mesma paixão que você fez aqui.


De 4rx a 8 de Novembro de 2011 às 14:40
Albertina limpa, varre, esfrega, com um sorriso de dentes amarelos e aquele que se perdeu por culpa dum torresmo "mais durinho", mas sorri, de mãos sujas, casa degradada, roupa desbotada,Punta cana cá vou eu, pra esquecer a crise!! E arranjar maneira de pagar as prestações a partir do final de maio


Comentar post


Rádio Blog
Carla Hilário Quevedo
Metro - Rádio Europa Lisboa
Tema da semana: Rádio Blogue.
Comente aqui ou em 21 351 05 90.
A sua voz vai para o ar :
6ª feira, 11h35/17h40
Domingo, 18h35






Rádio Europa Lisboa
Rua Latino Coelho, 50 - 1º
1050-137 Lisboa, Portugal
Tel.: 21 351 05 80

Email   Estamos no Facebook   Siga-nos no Twitter
Emissão online:

clique para ouvir a emissão da europa


Rádio Blog
Carla Hilário Quevedo
Metro - Rádio Europa Lisboa
Tema da semana: Rádio Blogue.
Comente aqui ou em 21 351 05 90.
A sua voz vai para o ar :
6ª feira, 11h35/17h40
Domingo, 18h35



POSTS RECENTES

A História de... José Man...

Rádio Europa Lisboa

A História de... Miguel P...

Funchal Jazz 2011: 7 a 9 ...

Diogo Vida no Braço de Pr...

Internacional Europa

RFI: emissões em 90.4 fm

JIGG 2011: Jazz im Goethe...

A História de... Vital Mo...

Cool Jazz Fest 2011, 4 a ...

Bobby McFerrin leva VOCAb...

Série aTensãoJAZZ chega a...

ARQUIVOS
TAGS

todas as tags

blogs SAPO
SUBSCREVER FEEDS