Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

jazza-me muito...

O JAZZ SUBIU-NOS À CABEÇA!

O JAZZ SUBIU-NOS À CABEÇA!

jazza-me muito...

25
Jan11

Europa Entrevista

jazza-me

 

Dados do Intituto Nacional de Estatística indicam que no 3º trimestre de 2010 quase 314 mil jovens, entre os 15 e os 30 anos, não estudavam nem trabalhavam. São os representantes da geração à qual os espanhóis chamam "nem-nem". O fenómeno é comum a vários países e cada vez mais estudado por sociólogos e psicólogos.

O Europa Entrevista convida Luísa Veloso, socióloga e investigadora do ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa, para falar da "geração nem-nem".

Os programas anteriores estão aqui.

 

Com Mónica Peixoto

3ªf, 25 de Janeiro- 18h

01
Out10

Rádio Blogue: medidas de austeridade

jazza-me

Manifestação, Grécia (Foto AFP)

 

Este fim-de-semana revemos as opiniões de todos sobre as burlas em Portugal...

 

com Carla Hilário Quevedo e Antonieta Lopes da Costa

6ªf, 1 de Outubro- 10.35/19.35

Domingo, 3 de Outubro- 18.35

 

Nos próximos dias queremos saber o que pensa das medidas de austeridade anunciadas pelo governo. A crónica de Carla Hilário Quevedo é publicada aqui em parceria com o jornal Metro. Se preferir, pode deixar-nos a sua opinião através do 21.351.05.90, em mensagem gravada. Até às 16h da próxima 5ªf.

 

Medidas de austeridade

O discurso sobre a crise não é saudável. A dívida pública, o desemprego, a crise tomaram conta do ar de que precisamos para viver. As notícias sobre uma possível vinda do FMI, que nos poria a todos na ordem, sobre os juros da dívida a aumentar, e a falta de dinheiro em geral asfixiaram o quotidiano das pessoas. Em vez de nos ser dada tranquilidade para sair do buraco, somos confrontados com discursos que oscilam entre o optimismo delirante e o derrotismo irremediável. Depois de termos ouvido as recentes más notícias sobre o novo pacote de medidas de austeridade inserido no Orçamento de Estado para 2011, recordamos que era bom terem dito que não havia dinheiro para nada e que as contas estavam descontroladas. Que ia ser preciso cortar e fazer sacrifícios, a começar pela não renovação das frotas de automóveis dos organismos públicos. Mas não. Ninguém com responsabilidade governativa achou por bem fazer a coisa certa. E fazer a coisa certa, neste caso, não era difícil: consistia apenas em cumprir a obrigação de dizer a verdade aos portugueses. Não o tendo feito, o governo adiou medidas que agora se revelam dolorosas para todos. Cortes de salários na função pública e congelamento das pensões são duas das medidas que vão afectar directamente a vida das pessoas. O aumento do IVA para 23 por cento é outra medida que se prevê ter sucesso para ajudar a controlar o défice. Não sendo economista nem fiscalista, mas aproveitando o momento para declarar o meu repúdio pela discussão que nos obrigam a ter, diria que isso se calhar depende da despesa que se faz. Ora, se não há dinheiro para comprar nada, como espera o Estado receber mais de um imposto aplicado a bens de consumo? Para terminar o dia de pesadelo, Almeida Santos declarou que «o povo tem que sofrer as crises como o governo as sofre». Há uma mentira e um disparate nesta frase. A mentira é o governo sofrer como sofre o povo. O disparate consiste em pedir aos pacientes que entendam o sofrimento dos médicos. O que pensa das novas medidas de austeridade?

30
Abr10

Descubra as Diferenças

jazza-me

(Imagem daqui)

 

Debate político avesso ao politicamente correcto, com um pé- às vezes dois- na blogosfera.

 

- ‘Rating’ ao fundo – Os mercados financeiros ficaram nervosos após o corte do ‘rating’ da república portuguesa pela Standard & Poor's. Depois da Grécia, seremos nós?

 

- Corrupção absolvida? – O administrador da Bragaparques, Domingos Névoa, foi absolvido pelo Tribunal da Relação de Lisboa da tentativa de suborno de um vereador do município lisboeta. A decisão parece ter abalado a já pouca confiança que os cidadãos têm nos tribunais. Será caso para tanto?

 

- Recuos do governo – O governo aprovou uma alteração à lei do funcionamento dos tribunais, prevendo a suspensão dos prazos judiciais, no período entre 15 e 31 de Julho. Esta alteração e o novo estatuto do aluno, entretanto também apresentado, são mais sinais da fraqueza deste governo?

 

Esta semana, André Abrantes Amaral e Antonieta Lopes da Costa em debate com Ana Margarida Craveiro e Adolfo Mesquita Nunes.

Os programas anteriores estão aqui.

 

6ªf, 30 de Abril- 18h

Domingo, 2 de Maio- 19h

20
Nov09

Descubra as Diferenças

jazza-me

      (fotomontagem do blog We Have Kaos in the Garden)

 

Debate político avesso ao politicamente correcto... com um pé na blogosfera.

 

- O Fundo do Poço? - Na semana em que Portugal desceu mais uns lugares no ranking dos países menos corruptos, Mário Soares afirmou que o processo ‘Face Oculta’ é um “problema comezinho”, enquanto o Ministro da Economia sugere que se trata de espionagem política. Já chegámos ao fundo?

 

- Chips nas matrículas – PSD, PCP e BE querem revogar lei dos chips nas matrículas. O CDS opôs-se à referida lei anteriormente, mas ainda não se pronunciou sobre a actual iniciativa. Vão os portugueses ver a sua privacidade defendida, ou acabará esta medida como moeda de troca numa qualquer outra iniciativa legislativa?

 

- Desemprego em alta – São já mais de 550 mil desempregados e a tendência é para piorar. O governo aposta no investimento público, apesar dos efeitos nefastos do défice para o emprego ainda existente. Como sair disto?

 

Esta semana, André Abrantes Amaral e Antonieta Lopes da Costa em debate com Miguel Botelho Moniz (do blogue O Insurgente) e Manuel Pinheiro (do blogue Cachimbo de Magritte).

Os debates anteriores estão aqui.

 

6ªf, 20 de Novembro- 18h

O Descubra as Diferenças passa agora a ter uma redifusão aos Domingos. Assim, pode ouvir o debate desta semana:

Domingo, 22 de Novembro- 19h

01
Out09

Perguntas Proibidas: Governo para a Crise ou Crise de Governo?

jazza-me

 

No contexto das eleições legislativas voltamos a ouvir, esta tarde, o Perguntas Proibidas Extra que teve a sua primeira emissão na passada 2ªf, 28 de Setembro.

 

Miguel Teixeira (PS), Feliciano Barreiras Duarte (PSD) e Pedro Mota Soares (CDS-PP) debatem os cenários pós-eleitorais numa entrevista conduzida por João Gomes (IDP). Num ambiente político em que as consequências governativas estão claramente suspensas dos resultados das autárquicas, que perspectivas se colocam de governo de Bloco Central , de outra coligação ou de um governo minoritário PS como acordos de incidência parlamentar. Duas coisas são certas: a crise internacional não abrandou e a crise de desemprego e falências no país continua.

Os programas anteriores estão aqui.

 

5ªf, 1 de Outubro- 18h

10
Jul09

Descubra as Diferenças

jazza-me


      Barack Obama e Dmitri Medvedev em Moscovo (foto daqui)

 

O debate político avesso ao politicamente correcto (com um pé na blogosfera...)

 

- Obama em Moscovo – Barack Obama foi a Moscovo e conseguiu um acordo para redução dos arsenais nucleares. Acabou a segunda Guerra Fria, ou era esta a divergência mais fácil de resolver entre os dois países?

- Desemprego em alta – Com o acentuar da crise, muitos postos de trabalho foram extintos no decorrer de 2009. O que poderemos esperar para os próximos meses e qual a melhor forma de colmatar este drama social?

- Honduras – Com o derrube do presidente Manuel Zelaya, por ordem do Supremo Tribunal, as Honduras encontram-se em plena convulsão política. Golpe de Estado ou restabelecimento do Estado de Direito?

- Programas de governo – Com a aproximação das eleições, os partidos políticos ultimam e apresentam os respectivos programas de governo. Que alternativas poderemos encontrar? E estarão elas ajustadas aos reais problemas do país?

 

André Abrantes Amaral e Antonieta Lopes da Costa esgrimem ideias com o professor universitário Miguel Morgado (O Cachimbo de Magritte) e o jornalista Luís Nave (Corta-Fitas).

Os debates anteriores estão aqui.

 

6ªf, 10 de Julho- 18h

27
Mar09

Descubra as Diferenças

jazza-me

 Bento XVI recebido por José Eduardo dos Santos (Foto Reuters, daqui)

 

Debate político avesso ao politicamente correcto, com um pé na blogosfera.

 

Papa em Luanda – Bento XVI esteve em Angola, um país rico com gente pobre, onde a corrupção grassa e a liberdade tarda a chegar. O que têm os angolanos a ganhar com a visita do chefe máximo da Igreja?

 

Desemprego em alta – 150 mil novos postos de trabalho depois, o governo vê-se perante quase meio milhão de desempregados. Com fábricas a fechar e multinacionais a ir embora, como é que vamos lidar com este drama social?

 

Provedor farto – Mais de nove meses depois do fim do seu mandato, Nascimento Rodrigues fartou-se, qualificando como inadmissível a não indicação de um substituto. Afundados em lutas mesquinhas, os partidos não se entendem. A Política acabou?

 

G20 em Londres – Aproxima-se a reunião dos G-20 em Londres, a primeira com a presença de Obama. Perante a crise, há quem fale na remodelação do sistema financeiro mundial e quem questione a legitimidade deste grupo - que não engloba as organizações regionais de África, América Latina e Ásia. Estamos perante o fim da hegemonia ocidental?

 

Esta semana, André Abrantes Amaral e Antonieta Lopes da Costa em debate com o advogado Francisco Proença de Carvalho, do blogue 31 da Armada e Henrique Raposo, investigador universitário, blogger do Clube das Repúblicas Mortas.

Os programas anteriores estão disponíveis aqui.

 

6ªf., 27 de Março- 18h

20
Fev09

Descubra as Diferenças

jazza-me

       Geert Wilders

 

Debate político avesso ao politicamente correcto... com um pé, às vezes dois, na blogosfera.

 

Política externa de Obama – Hillary Clinton está de visita a vários países asiáticos, quando ainda nem todos os seus assessores iniciaram funções. Ao mesmo tempo, Barack Obama envia mais tropas para o Afeganistão, em detrimento do Iraque. Estamos perante uma mudança de rumo da política externa norte-americana?

 

Caso Wilders - O deputado holandês Geert Wilders foi recambiado para a Holanda depois de tentar entrar na Grã-Bretanha, a convite da Câmara dos Lordes. O pretexto é o seu filme Fitna, onde liga o Corão à propagação da violência. Estará a liberdade de expressão em risco na Grã-Bretanha?

 

Subida do desemprego – De acordo com o Instituto Nacional de Estatística, a taxa de desemprego atingiu, no final de 2008, os 7,8% da população activa. Longe que estamos dos 150 mil postos de trabalho a mais prometidos pelo Eng. Sócrates, a responsabilidade cabe ao governo ou à crise mundial?

 

Recessão em força – O governador do Banco de Portugal afirmou esta semana que a recessão, em 2009, será mais forte do que esperado. Afirmou ainda que as políticas monetárias tomadas pelos estados começaram a ter efeitos. Terá razão? Ou o pior ainda está para vir?

 

Esta semana, André Abrantes Amaral e Antonieta Lopes da Costa debatem com o investigador universitário Fernando Gabriel e o economista Miguel Noronha, blogger de O Insurgente. descubrasasdiferencas@radioeuropa.fm

 

6ªf., 20 de Fevereiro- 18h

10
Fev09

Europa Entrevista

jazza-me

          Paulo Morgado Carvalho                                       (Foto do Jornal Mudar de Vida)

 

Numa altura em que o desemprego dispara e os sindicatos denunciam situações de despedimento ilegais, o Europa Entrevista convida o Inspector-Geral do Trabalho, Paulo Morgado Carvalho, para nos falar das prioridades de actuação da ACT- Autoridade para as Condições de Trabalho.

O Europa Entrevista fica disponível, em podcast, aqui.

 

Com Mónica Peixoto

3ªf., 10 de Fevereiro- 18h

03
Nov08

Euranet: Europa Diário, Made in Europa & Zoom Europa

jazza-me

                                           Mesquita Azul (Mesquita do Sultão Ahmed), Istambul, Turquia

 

Nas próximas semanas, o Europa Diário viaja pelos países que pretendem aderir à União Europeia. A Turquia é o primeiro destes destinos, que nos é dado a conhecer por Apo Coruhlu, director geral da Grantur (operador turístico). A Turquia, situada na fronteira entre a Europa e a Ásia, iniciou o processo de negociações para a entrada na UE em 2005.

 

Com Catarina Ruivo

2ª a 6ªf- 8.30

 

O Made in Europa traz-nos notícias sobre o apoio do presidente da Comissão Europeia, das instituições europeias e da Presidência do Conselho à participação de Espanha na Cimeira do G-20, a 15 de Novembro em Washington, sobre a crise financeira; atenção ainda, por estes dias, para a Semana Árabe no Parlamento Europeu: até 6ªf, 7, o Parlamento organiza, em Bruxelas, debates, exposições de artes, demonstrações de caligrafia árabe e projecções de filmes numa semana que se integra no Ano Europeu para o Diálogo Intercultural.

 

Com Andreia Lago

2ª a 6ªf- 10.20

 

O Zoom Europa dá destaque, esta semana, à análise dos euro-deputados sobre as previsões da Comissão Europeia para o crescimento da economia e do desemprego na Zona Euro e no conjunto dos países da União Europeia.

 

Com Sofia Soeiro

2ª a 6ªf- 11h/16h

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Emissão online:

clique para ouvir a emissão da europa




Rádio Europa Lisboa
Rua Latino Coelho, 50 - 1º
1050-137 Lisboa, Portugal
Tel.: 21 351 05 80

Email   Estamos no Facebook   Siga-nos no Twitter

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2007
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2006
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D